quinta-feira, 29 de julho de 2010

I close my eyes.

Sinto o vento acariciando suavemente o meu rosto.
Tão breve momento,tão bom...
Fecho os meus olhos por alguns instantes e me dou conta de 

que tão breve  quanto este momento é a vida.

A vida é impetuosa,tão impetuosa como devemos ser.
Nada é pra sempre tudo é momentâneo.
Não há tempo suficiente para realizar todos nos meus sonhos,todos os nossos sonhos.
Não há tempo pra ter tudo o que quero,tudo o que você, nós queremos.
Nem tampouco para dormir enquanto é dia.
Há sempre tantas questões...mas sei que pra elas existem soluções.
Sei que sempre há uma escolha,um caminho e um coração.
Infelizmente o meu tempo aqui é curto, está acabando,embora mal tenha começado.
E eu não terei tempo suficiente pra viver o que gostaria.
Nem mesmo pra dizer coisas que a muito deveriam ter sido ditas.
Viver é circunstancial,a minha vida não passa de uma circunstância.
Um breve momento,um momento que passará que talvez seja lembrado...
Espero que em um livro, talvez...

Abro os meus olhos e percebo que tudo ao meu redor é um convite...
Um convite que deve ser aceito por mim.

Um convite pra viver,sentir,ser,conhecer.
Não há tempo a perder!
A vida é impetuosa..impetuosamente quero vive-la!!

           
                            Autora:Mari Cavalcanti     17/06/10

5 comentários:

Lucas disse...

precisa nem dizer que lindo ne???

Mari Cavalcanti. disse...

rsrsrsrs
Acho que precisa.
kkkkkkk
:*

nostalgica disse...

seus poeminhas são lindos pequena poetisa!!! bjoka

Canteiro Pessoal disse...

Lindo!

Priscila Cáliga

Mari Cavalcanti. disse...

Obrigada a todos,pelos comentários e pela visita.
Beijos e voltem sempre!!!