domingo, 22 de maio de 2011


Meus olhos andam tristes por não poder te ver.
Amargurados estão meus lábios sem poder encontrar os teus.
Minhas mãos estão frias sem as tuas para aquece-las e
minha alma...pobre alma!
Anda sombria e solitária por este tempo que eu desconheço.
O tempo não para e o meu parece que parou faz tempo.
Cada segundo,minuto,cada hora que passo sem tua presença
é tortura,é dor, é sofrer.
De sonhar estou perdida de acreditar já sou mentira.
E o desejo de matar essa vontade de ter em meus braços
parece que não findará.

Desmesurado amor.. desmedida paixão...triste solidão !
Frio coração...incessante dor e sofrer.
A tristeza fez-me sua morada.
Desde que eu não tenho seu amor.
Então vem me amar.
Ouve o meu clamar.
Eu te peço...por favor!

                                         Mari Cavalcanti      02/2011

Um comentário:

Candy Poison disse...

Adorei seus textos , tem um estilo gotico, algo depressivo e ao mesmo tempo isso é real. Parabéns !
Retribuida :} Espero que tenha votado na enquete do meu blog *-*