quinta-feira, 19 de agosto de 2010

He don't save me.



O véu da noite caiu sobre mim.
Eu não havia percebido
Era dia quando ali me joguei
Afundei no mar das tristezas
da dor...
E por um breve instante
Eu nada senti,eu nada vi
Por um momento eu morri.
Mas então senti uma mão
uma mão me emergindo daquele mar
Sua luz era tanta que ofuscava meus olhos
E este não pode reconhece - lo
Só sentia sua mão quente na minha mão gelada
Mas ele não me salvou...
Ele não me salvou!
Me tirou das águas turvas da tristeza,da dor
mas me deixou morrer na areia da solidão.


                                                        Mari Cavalcanti. 17/08/2010

3 comentários:

Thamiris Sanches disse...

Bem legal esse texto, triste né? Mas é assim eles costumam transparecer sempre nosso estado de espírito.
Abraços

Daniiela disse...

bonitas palavras; tristes como disseram, mas bonitas *-*

cacau disse...

oi seguindo você, tô tendo que refazer o Insanidades
espero contar com sua presença lá e por favor excluam o outro
;**